Home Quem somos Espiritismo Nossos Cursos Programação mês
Home
Quem somos
Espiritismo
Nossos Cursos
Programação mês
Reunião Pública
Passes
Atendimento
O que é o ESDE
Estudos da DE
Grupo de pais
Grupo Juventude
Grupo Infância
Cura e autocura
Artigos
Notícias CEERJ
Efemérides
Pesquisa
Consulte-nos
ESDE Verão 2018



Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita



allan-kardek4"Acrescentemos que o estudo de uma doutrina, qual a Doutrina Espírita, que nos lança de súbito numa ordem de coisas tão nova quão grande, só pode ser feito com utilidade por homens sérios, perseverantes, livres de prevenções e animados de firme e sincera vontade de chegar a um resultado. Não sabemos como dar esses qualificativos aos que julgam "a priori", levianamente, sem tudo ter visto; que não imprimem a seus estudos a continuidade, a regularidade e o recolhimento indispensáveis."

 O que caracteriza um estudo sério é a continuidade que se lhe dá. (...)".

      

         

Allan Kardec em "O Livro dos Espíritos", Capítulo VIII-Introdução




 

Por que estudar a Doutrina Espírita?


Desde os primórdios do Espiritismo, na fase de elaboração das obras básicas da Codificação Kardequiana, a espiritualidade superior vem alertando sobre a necessidade do amor e da instrução para a continuidade e expansão da Doutrina Espírita.(1)

Na atualidade, mais do que nunca, o conhecimento doutrinário e o exercício da caridade, sinônimo de trabalho, serviço e ação no bem, proporcionam maior segurança aos espíritas na conquista de degraus mais altos na caminhada evolutiva. Basicamente, o amor e instrução são os recursos utilizados no processo de reforma íntima, constituindo-se na chave para a transformação moral.(2) Interessante notar a interdependência que há entre eles. “Amor sem estudo é comportamento unilateral, favorecendo, apenas, o coração, o sentimento, mas retardando a ascensão para Deus. Estudo sem amor constitui, quase sempre, experiência simplesmente intelectual, podendo levar à presunção e à vaidade, ameaçando o aprendiz de queda ou fracasso.(3)
 

Podemos ir longe com citações bibliográficas sobre o assunto. Todavia, é pertinente salientar que no Livro dos Médiuns, o codificador e sistematizador da Doutrina Espírita, mais uma vez, deixa evidente o grande valor do estudo para melhor compreensão dos fundamentos doutrinários: “Dissemos que o Espiritismo é toda uma ciência, toda uma filosofia. Quem, pois, seriamente queira conhecê-lo deve, como primeira condição, dispor-se a um estudo sério e persuadir-se de que ele não pode, como nenhuma outra ciência, ser aprendido a brincar".(4)



 O que é o ESDE?

                                                                                             Fonte: FEB - Federação Espírita Brasileira







O ESDE é uma reunião privativa de grupos, a qual objetiva o estudo metódico, contínuo e sério do Espiritismo, com programação fundamentada nas obras básicas codificadas por Allan Kardec. 

O  ESDE traz consequências bastante amplas para aqueles que dele participam. Essas consequências podem-se resumir como na figura mostrada ao lado. 





 


Por que participar do ESDE?




O ESDE – Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita, programa de estudos, realizado sempre através de pequenos grupos, propicia aos participantes a oportunidade única de poderem trocar ideias e percepções sobre questões pertinentes à Doutrina Espírita. Quando não compartilhamos a compreensão de nossas leituras com outras pessoas, corremos o sério risco de passarmos a adotar determinadas posições pessoais como se fossem verdades doutrinárias. Isso se deve ao fato de que a maioria de nós aprendeu a ler como um simples ato mecânico, ficando a leitura restrita à mera decodificação de palavras, muitas vezes, sem se ter a preocupação de saber o verdadeiro sentido delas.


Ao abraçarmos a Doutrina Espírita, uma doutrina filosófica que nos dá um novo sentido à vida, necessitamos compreender melhor seus fundamentos. Com o estudo e o esforço de colocarmos em prática seus princípios, paulatinamente passamos a internalizá-los, resultando daí o desenvolvimento de um processo de modificação de nossos pensamentos e comportamentos nas relações com o mundo. Esse é o objetivo maior do ESDE no TAREFEIROS. Não se pretende formar doutores em Espiritismo, nem exigir dos participantes saberem de cor os assuntos pertinentes às obras básicas da codificação. Mais importante é a reflexão sobre as questões espirituais, morais, psicológicas e metafísicas da atualidade, que fortalecem a nossa fé e a perseverança para o trabalho maior de nossas vidas que é a autotransformação.


O ESDE é um complemento indispensável para quem se propõe a fazer atendimento fraterno, sala de conversa, palestras públicas e ao trabalho do autoconhecimento. Através do ESDE podemos obter mais ferramentas de ação e atuação. O conhecimento é fundamental para nossa transformação e evolução moral. Ele nos propicia a compreensão e a extensão dos nossos atos, fazendo-nos assumir a responsabilidade sobre eles.


O ESDE no TAREFEIROS

 

O ESDE no TAREFEIROS procura despertar o prazer da leitura, particularmente, das obras básicas e subsidiárias do Espiritismo. Para cada reunião de estudo, há uma estrutura de leitura prévia que conduz os participantes à interpretação dos textos e a buscar não só o significado das palavras, mas, também, o aprofundamento do conhecimento espírita. O método adotado de dinâmica de grupo, ao propiciar um clima agradável e descontraído nos encontros, favorece o surgimento de dúvidas e questionamentos inerentes à condição investigatória do ser humano. Nas discussões de grupo, diferentes abordagens sobre os mesmos temas, que transcendem a explicação textual, são apresentadas pelos participantes. 

compreensaosistemicaConseqüentemente, os entendimentos, até então, individuais e parciais, ampliam-se com as demais contribuições. Essa constatação, de que sozinhos jamais teríamos a possibilidade de adquirir aquele nível de explicação e compreensão sobre os postulados espíritas, é um dos maiores benefícios aos que participam do ESDE. Porém, tem mais! Não podemos ficar somente no primeiro estágio do conhecimento, de certa forma, envolvendo apenas a dimensão intelectual. Mais importante, ainda, é relacionar a Doutrina Espírita ao dia-a-dia, tendo como conseqüências naturais auxiliar a transformação moral e contribuir para o nosso progresso espiritual.


O estudo doutrinário enriquece a capacidade de discernir entre o bem e o mal, o certo e o errado, o necessário e o supérfluo, desempenhando um papel importante na análise das opções de escolha para identificar os valores reais da vida e aplicá-los nas situações do cotidiano. “A desordem e a imprevidência são duas chagas que só uma educação bem entendida pode curar”.(5) Por outro lado, a prática do amor eleva nossos pensamentos e ações em sintonia com a Espiritualidade afinada com princípios morais elevados e nobres. “Eis a razão pela qual se nos impõe o estudo em todos os lances da vida, porquanto, confiar realizando o melhor e auxiliar na extensão do eterno, realmente demanda discernir.” (6)






(1) Evangelho Segundo o Espiritismo, Cap. VI, O Cristo Consolador, item 5, INSTRUÇÕES DOS ESPÍRITOS, Advento do Espírito de Verdade
(2) Questão 917, LE.

(3) Estudando o Evangelho, Martins Peralva.
(4) Allan Kardec, O Livro dos Médiuns, Cap. III, Do Método, item 18.

(5) Questão 685ª, LE.

(6) Palavras da Vida Eterna, Emmanuel, F. C. Xavier, Cap. 122, Convite ao estudo.

Site Map